quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Cimento Queimado e Concreto ou Tecnocimento?



Bancadas e pisos coloridos, com brilho, opacos, escadas e paredes


O cimento queimado é uma das opções de acabamento mais utilizadas nas casas brasileiras. O custo é um dos principais fatores que o faz tão popular: visto que sua composição leva basicamente cimento e areia, está entre as alternativas mais baratas para pisos do mercado. Por sua flexibilidade e durabilidade, pelo aspecto final e pelas várias alternativas de cores e acabamentos, o cimento queimado pode ser visto nas mais simples casas rurais (onde muitas vezes é chamado de vermelhão), e nas mais refinadas residências das grandes metrópoles.

                                                                                                                          


  

      

Uma opção rústica, moderna e econômica. Mas você sabe a diferença entre esses dois produtos??? 
O Tecnocimento nada mais é que a evolução do Cimento Queimado, ele  tem uma aparência mais sofisticada e não necessita de juntas de dilatação, sua secagem é rápida e a manutenção, simples. Já o antigo Cimento Queimado tem um tempo de preparo e cura maior e necessita das "temidas" juntas de dilatação. A verdade é que, não importa se é Cimento Queimado ou Tecnocimento, essa dupla conquista fãs mundo afora por ser um revestimento versátil. Pode ser utilizado no piso, na parede, bancadas, em áreas internas e até externas. Ele fica ótimo se combinado com outros materiais como o ladrilho hidráulico, a madeira, porcelanatos, pedra portuguesa e tijolinho aparente. Mas é bom lembrar que sua instalação não é tão simples, então, contratar um bom profissional para fazê-lo já é um bom começo.  
  

 
 Essas áreas externa são apaixonantes pra quem gosta de ambientes rústicos, tudo sem brilho, com muito bom gosto!!! 



O cimento queimado conquista fãs por ser uma opção rústica, elegante e, ao mesmo tempo, barata. Mas nada é tão simples: para garantir um piso sem rachaduras e outros defeitos, é preciso atentar para algumas dicas, contar com um profissional especializado e ter uma boa receita em mãos. Por isso,reunimos 23 aplicações de cimento queimado, inclusive em combinação com materiais como cerâmica, ladrilho hidráulico e madeira. Há sugestões até como revestimento de bancada e parede! 

Nesta casa de campo, pulou-se a etapa de preparação do cimento. Na receita, que leva cerca de 15 ingredientes, optou-se por minérios de quartzo, mais resistentes que o pó de mármore. A instalação foi igual à dos pisos tradicionais: massa colocada sobre o contrapiso com nata adesiva. Os quadrados formados pelas juntas de dilatação plásticas (altura de 4 mm) têm medidas 1,50 x 1,50 m. Depois de pronto, o cimentado secou durante 15 dias antes de receber uma combinação de produtos de alta resistência, que dão brilho ao piso e prometem durar até 15 anos.
 
 
Uma cozinha em alvenaria, além de bonito é barato!!!


Na entrada desta casa, ladrilhos hidráulicos formam um par charmoso com o cimento queimado. A princípio, a instalação do cimento queimado com Pó Xadrez foi feita a olho, mas não deu certo e um especialista foi chamado para refazê-lo. Ele dá a dica: “O cimento precisa ser aplicado no mesmo dia em que se prepara o contrapiso, pois ambos devem secar juntos”. Ao combiná-lo com ladrilhos, assente essas peças antes, pois é o cimento que dá acabamento ao piso. 

Aqui preparou-se um contrapiso nivelado e chumbou as réguas plásticas de dilatação a cada 1,50 m². Ele espalhou uma massa pastosa de areia, cimento (3:1) e água intercalando os quadrados, que foram nivelados com desempenadeira de madeira até alcançar 3 mm antes da espessura final do piso. Aguardaram-se quatro dias. A uma mistura pronta (Ladripiso) de cimento branco estrutural e pó de mármore, ele acrescentou Bianco diluído em água (1:1) até obter uma tinta, que foi aplicada com broxa sobre a superfície. No dia seguinte, com esse kit pronto e quantidades menores de Bianco e água, fez uma massa quase seca e espalhou-a sobre o piso com desempenadeira de aço. Após uma semana, passou três camadas de resina acrílica Fuseprotec (Fusecolor). Projeto das arquitetas Claudia e Virgínia Pêcego Meyer


Cimento queimado, Laca vermelha e Madeira

                                                           

                       
                            Olha o Cimento na parede!!!!!!

 A receita do piso de cimento queimado desta casa de praia seguiu os moldes tradicionais, levando cimento estrutural branco, um pouco de cimento cinza e areia branca lavada. O toque inusitado fica por conta das juntas: no lugar das conhecidas tiras de latão ou plástico, desenharam-se frisos paralelos, que enfeitam e também permitem a dilatação do material. Como fazer? Além do cimento queimado, repare que o piso exibe placas cerâmicas de 10 x 10 cm, que realçam a superfície e determinam a distância entre os frisos. A equipe do arquiteto começou demarcando a paginação, com barbantes esticados acima do nível do piso. Antes da aplicação da massa de cimento, assentaram-se as cerâmicas no contrapiso. Depois, com o cimento ainda mole, colocaram-se vergalhões de ferro para formar os frisos. As peças foram retiradas antes de a superfície endurecer completamente.
                                                                                                                                                                              

  Existem quase todas as soluções possíveis para utilizar o cimento queimado. 

                                                                                 


O cimento queimado dá um toque especial ao cantinho: ele cobre a parede e esconde os tijolos deteriorados. Sobre as peças de barro aparentes, aplicou-se com brocha uma nata de cimento e adesivo para chapisco. Isso protege o material e evita que esfarele.


                                                 Sobre o contrapiso nivelado, o empreiteiro instalou juntas plásticas de dilatação a cada 2 m². ao kit pronto, composto de cimento branco estrutural, pó de quartzo e pigmento terracota-claro, ele adicionou Bianco diluído em água até obter uma mistura pastosa, como uma massa corrida. Uma dica importante: a quantidade de água influi no tom do piso, por isso o ideal é fazer tudo no mesmo dia. A argamassa foi aplicada com desempenadeira de madeira e alisada com desempenadeira de aço. Cerca de quatro dias depois (cura), removeram-se as imperfeições da superfície com lixa de água nº 220. Lavou-se o piso e, para evitar manchas, passaram-se três demãos de resina acrílica Fuseprotec (Fusecolor). A cada dois meses, o piso recebe cera líquida incolor à base de 
silicone.




Com brilho, sem brilho, com cor ou sem cor e ainda tem como evitar rachaduras!!! É o máximo!!!


                                                                       

Stencil com cimento!!! 

   É uma alternativa muito mais barata que qualquer papel de parede é uma dica ótima para quartos de crianças, salas e outros ambientes. Então, mãos à obra, temos as opções do molde vazado, os moldes são cortados à laser e vêm em uma plaquinha bacana, não lembra nem de perto aquele esquema de recorte na cartolina.

                                                            



                                                          




Não precisa ser exatamente tinta branca sobre o cimento, pode muito bem ser cimento branco e pintar de cinza claro...na verdade tanto faz, vai depender da  cor do cimento. 

                                           




É interessante como usam produtos químicos para fazer os desenhos, com um bom profissional fica divino!!
                                                              
Imita Tapetes e azulejos!!!

   

                                                                                                       
                                                     

Desenhos em stencil são uma idéia para renovar aquele chão já antiguinho,é uma alternativa infinitamente mais barata que a troca do piso completo.

                                                                                               
        


Pra quem já viveu no interior, sabe que é muito comum essas cores fortes nos cimentos e nos fogões a lenha!!! 


                                                                                     
              

                                                                               





Fontes:
http://www.apartmenttherapy.com/painted-concret-93833
http://casa.abril.com.br/materia/va-de-cimento-queimado
http://www.casavalentina.com.br
http://adoroototer30.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário