quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Tijolos ecológicos: mais verdes e mais econômicos


Foi na década de 1940 que se desenvolveu a tecnologia da fabricação de tijolos ecológicos. No Brasil, somente depois da década de 1970 é que se passou a produzir tijolos de baixo custo utilizando processos de fabricação menos agressivos ao meio ambiente.


Os tijolos ecológicos são assim chamados por permitirem o uso de areia, resíduos de usinas siderúrgicas e petroquímicas que, através do emprego de cimento e água, geram peças padronizadas e altamente resistentes. Por não usar o barro vermelho (matéria-prima tradicional dos tijolos convencionais), evita-se também a degradação do meio ambiente causada por sua extração. A grande vantagem logística destes tijolos é que podem ser fabricados e armazenados na própria obra.



Outra vantagem referente à questão ecológica é que o processo de produção dos tijolos não necessita de fornos. Este fato gera grande economia energética e evita que muitas florestas sejam destruídas para a obtenção da lenha. Os tijolos ecológicos, ou tijolos de solo cimento como também são conhecidos, servem para todos os padrões sociais e vem sendo cada vez mais difundidos. Mas as vantagens não são apenas para o meio ambiente, são também para o conforto, para a estética e o mais interessante, para o bolso.


 Segundo estudos realizados em todo o Brasil, o sistema construtivo dos tijolos ecológicos traz para a obra, de 20 até 40% de economia com relação ao sistema construtivo convencional. Um dos motivos é que não há desperdício, como neste último.







Já existem várias iniciativas que ressaltam a importância da nova tecnologia. No Mato Grosso, por exemplo, a ferramenta está sendo usada para a construção de escolas de toda a rede estadual indígena.  Em Campinas, no interior de São Paulo, um colégio desenvolveu um programa de construção de uma casa ecológica com base nos novos tijolos para ensinar práticas sustentáveis aos alunos. 




  Economia


Além de limpas, obras com tijolo ecológico reduzem o custo de cimento para reboco e assentamento, tinta, ferragens, areia e madeira para formas de colunas e vigas. Mas a grande economia é a redução do custo de mão de obra, o sistema de encaixe dos tijolos agiliza o trabalho e as paredes são levantadas em média 3 vezes mais rápidas que tijolos assentados com massa.Econômica, estrutural, ecológica e aconchegante são os principais atributos de quem constrói casas com tijolo ecológico. Essas qualidades despertam a atenção de construtores.



 Estrutura

Tijolo ecológico em ensaios de laboratórios atingem em média 2 vezes mais resistência em testes de compressão em relação ao tijolo convencional, são termo-acústicos, reduzem ruídos externos, permitem a convecção natural do ar quente pelos furos que proporcionam uma temperatura agradável no interior da casa, redes elétricas e hidráulicas são implantadas facilmente no sistema modular de furos.

  Ecologia

 A procura por materiais sustentáveis na construção é fruto de um excelente trabalho de ambientalistas em despertar a consciência ecológica em construtores e arquitetos. Esse trabalho bem fundamentado motiva pessoas conscientes a construir com tijolo ecológico entre outros materiais que reduzem a agressão ao meio ambiente. Diversos projetos sociais e acadêmicos com essa iniciativa já foram premiados e a Vimaq Prensas acredita e apóia essas ações.



Aconchego

 É fácil perceber o fantástico padrão de beleza das casas de tijolo ecológico a vista, basta dar uma volta em uma cidade ou uma folheada em revistas de construções que podemos encontrar casas lindas e aconchegantes criadas por excelentes arquitetos
.



A construção com tijolos ecológicos e suas vantagens.


1-Economia do custo final em até 30% da parede de tijolo ecológico em relação ao uso de tijolo 6 furos;

2- Diminui o tempo de construção em até 50% com relação à alvenaria convencional, devido aos encaixes que favorecem o alinhamento e prumo da parede;
3- Estrutura -   As colunas são embutidas em seus furos, distribuindo melhor a carga de peso sobre as paredes, criando uma estrutura muito mais segura!
4- Economia de até 100% no uso de madeiras nas caixarias dos pilares, vergas e contra-vergas;
5- Economia de até 100% da massa de assentamento, (os tijolos ecológicos  possuem encaixe perfeito e não necessita massa de assentamento);
6- Economia de até 50% de ferro;
Os Tijolos Ecológicos são curados com água e sombra, diferente dos tijolos convencionais que dependem da queima de milhares de lenhas em fornos, contribuindo demasiadamente com o aquecimento global e com desmatamentos;
7- Durabilidade maior do que o tijolo comum, pois chega a ser até 6 x mais resistente;
8- Alivia o peso sobre a fundação evitando gastos desnecessários com  estacas mais profundas e sapatas maiores;
9- Fácil acabamento. Se preferir não precisa rebocar e pintar, economizando mais ainda. 10 -Os Tijolos Ecológicos já possuem um lindo acabamento, semelhante aos tijolos aparentes, necessitando o uso de apenas um impermeabilizante a base de silicone ou acrílico, e rejunte flexível;
11- Revestimento é simples usando-se direto sobre tijolo apenas uma fina camada (2 a 3 mm) de reboco, textura, gesso ou graffiato;
12- O assentamento dos azulejos é feito direto sobre os tijolos;
13- Obra mais limpa e sem entulhos;
14- Acústica Como o tijolo ecológico possui dois furos, as paredes formam um isolamento acústico, diminuindo os ruídos provocados na rua para o interior da casa;
15-Isolamento Térmico (calor) – Os furos dos tijolos são importantes, pois formam câmaras térmicas evitando com isso que o calor que esta do lado de fora penetre no interior da residência. Com isso a temperatura interna é inferior à externa;
16- Isolamento Térmico (frio) – Com o Frio acontece ao contrario, pois a temperatura da casa fica mais quente do que a externa;
17- Proteção de Umidade - Esses furos também propiciam a evaporação do ar, evitando com isso, a formação de umidade nas paredes e interior da construção, que causa danos à saúde e danos materiais;
18- Instalações Hidráulicas - Toda a tubulação é embutida em seus furos dispensando a quebra de paredes, como na alvenaria convencional;
19- Instalações Elétricas - Como as instalações hidráulicas, também são embutidas nos furos, dispensando conduítes e caixas de luz, podendo os interruptores e tomadas serem fixados, diretamente sobre os tijolos;
20- A praticidade desde tijolo fará sua obra ser muito mais rápida.







Fontes:
http://blog.naturaekos.com.br-ecologicos-mais-verdes-e-mais-economicos/
http://showdecasa.wordpress.com/2010/03/29/construção-tijolo-ecologico/
http://www.dicico.com.br/blog/?p=1794
http://www.vimaqprensas.com.br/casa-de-tijolo-ecologico-em-caraguatatuba-sp/
http://www.sebrae.com.br/setor/construção-civil/acesse/ideias-de-negocios/
http://plantaseprojetosdecasas.spaceblog.com.br/376697/
http://paoecologia.worpress.com
http://hidroshow.blogspot.com.br
http://dfeentorno.com.br
http://www.tijoloecologicoacropole.com.br


     
       

Nenhum comentário:

Postar um comentário